Seat Edition

Bem vindo ao Seat Edition o TEU fórum!Este fórum foi criado com intuito de juntar todos os/as amantes de automóveis da marca SEAT!Para acesso total ao fórum basta registar e fazer apresentação!
 
InícioInicioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Auto] Velas de Ignição e Velas de Aquecimento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
BobJoint
Novato
Novato
avatar

Mensagens : 95
Data de inscrição : 28/09/2010
Idade : 35
Localização : Brr, V.A. BxB

MensagemAssunto: [Auto] Velas de Ignição e Velas de Aquecimento   Dom Out 10, 2010 4:06 pm

Velas de Ignição (motores a gasolina) e Velas de Aquecimento (motores diesel).

Velas de ignição
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

As velas de ignição são o que faz trabalhar o motor dos nossos carros a gasolina, sem tirar nem pôr.
Durante a fase de compressão da mistura combustível no interior do motor, uma bobine de alta voltagem é accionada e provoca uma descarga de cerca de 20.000 volts entre os teminais da vela. A faísca produzida provoca a combustão da mistura, que por sua vez faz girar o motor.

Velas de aquecimento
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

As velas de aquecimento são usadas para pré-aquecer o ar no interior dos cilindros dum motor diesel.
Como é sabido, os motores diesel funcionam sob o princípio de compressão do ar a altas pressões, que o fazem aquecer. Ao ser injectado no momento certo o gasóleo, este inflama-se em contacto com o ar quente.
No entanto, em motores diesel de injecção indirecta, ou em todos os diesel em geral a baixas temperaturas, o ar frio tem de se aquecer até uma temperatura suficiente para despoletar a ignição das gotículas de gasóleo, sendo este trabalho feito pelas velas de pré-aquecimento, cuja ponta pode aquecer até aos 600ºC.
Hoje em dia, as velas são principalmente utilizadas para arranques de motor em tempo muito frio (temperaturas inferiores a 5ºC) e possuem um tempo de aquecimento muitíssimo curto, cerca de 3 segundos, em especial se compararmos com motores mais antigos que podem levar de 30 segundos até um minuto se estiver muito frio. Após estar o motor a trabalhar, estas permanecem ligadas pro mais uns minutos para ajudar a uma melhor combustão.


Vou deixar aqui algumas dicas sobre sintomas que podem indicar alguma falha de rendimento do motor.

Diagnóstico de Velas de Ignição e Velas de Incandescência


Velas Incandescentes

Diagnóstico de Avarias
As avarias nas velas de incandescência indicam frequentemente falhas de rendimento do motor ou na selecção e instalação das mesmas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Haste corroída
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Causas: Falha do controlador da vela; Voltagem incorrecta; Tipo de vela incorrecto; Câmara de combustão comprimida devido a um aperto excessivo.

Remédio: Comprovar e / ou instalar o controlador da vela e verificar se o tipo de vela é o correcto para o veículo. A vela deve-se instalar com cuidado utilizando uma chave dinamométrica e prestando especial atenção ao torque recomendado.


Haste derretida ou partida
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Causas: Injectores (ignição demasiado avançada, pressão da injecção incorrecta, boquilhas com perdas); Óleo na câmara de combustão (sobreaquecimento devido a um nível de óleo demasiado alto); Guias de válvulas gastas; Segmentos do pistão partidos.

Remédio: Recalibrar o sistema de injecção; Substituir os segmentos do pistão e as guias de válvulas; Corrigir o nível de óleo no motor.


Circuito aberto com a haste (aparentemente sem danos)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Causas: Sistema eléctrico com defeito provocando uma sobretensão; Falha no controlador da vela.

Remédio: Comprovar e / ou substituir o controlador da vela.


Ponta da haste danificada
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Causas: Sobreaquecimento da haste causado por:

- Ponto de injecção antecipado provocando um sobreaquecimento da haste e da resistência. A resistência fica frágil e parte.

- Câmara de combustão comprimida devido a aperto excessivo.

Remédio: Recalibrar o sistema de injecção. Ao enroscar a vela verificar o torque especificado pelo fabricante do veículo. Não olear a rosca.


Velas de Ignição

Diagnóstico de Avarias
As falhas nas velas de ignição indicam problemas de rendimento do motor, selecção incorrecta das velas ou instalação defeituosa das mesmas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Normal
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O isolador está ligeiramente revestido de impurezas com tons cinzento-acastanhados. A separação dos eléctrodos aumenta cerca de 0.01mm cada 2.000Km (utilizando combustível sem chumbo). As velas são as ideais para o motor.


Côr de chumbo
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O pé do isolador apresenta-se parcialmente com uma capa vitrificada de côr esverdeada ou castanha-amarelada.

Causa: Aditivos com chumbo na gasolina conduzem a este tipo de sedimentação.

Efeito: Debaixo de grandes cargas, o revestimento actua como condutor eléctrico, o qual conduz a falhas de ignição. É possível a deterioração do catalisador.

Remédio: Substituir o combustível e as velas.


Formação de fuligem
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O pé do isolador, os eléctrodos e o corpo da vela estão cobertos por uma capa negra aveludada.

Causa: Formação de mistura incorrecta, demasiado rica; filtro de ar sujo; equipamento de arranque a frio defeituoso; deslocações predominantes de trajectos curtos; índice incorrecto do grau térmico da vela.

Efeito: Falhas de ignição por correntes parasitárias; mau comportamento no arranque a frio. É possível a deterioração do catalisador.

Remédio: Ajustar o equipamento de mistura e arranque; substituir, se necessário, o filtro de ar; limpar as velas ou substituí-las.


Sedimentações
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Manifestas sedimentações no pé do isolador e no eléctrodo de massa. Sedimentações em forma de escórias.

Causa: Componentes das ligas dos aditivos para óleo ou combustível formarem resíduos.

Efeito: Pode levar a ignições por incandescência e, sob certas circunstâncias, a danos no motor e no catalisador.

Remédio: Verificar o combustível e o óleo, substitui-los se necessário, evitar aditivos e renovar as velas.


Eléctrodo central derretido
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Eléctrodo central claramente derretido; ponta do pé isolador com borbulhas, esponjosa e amolecida.

Causa: Sobrecarga térmica devido a ignição por incandescência, resíduos de combustão na câmara de combustão, válvulas com defeito, distribuidor de ignição deteriorado, combustível deficiente, velas com índice térmico inapropriado ou par de aperto da vela incorrecto.

Efeito: Falhas de ignição, perda de potência e danos no motor.

Remédio: Comprovar a ignição e a preparação da mistura. Conforme o caso montar velas novas com o grau térmico correcto.


Isolador partido
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Deslocação do pé isolador.

Causa: Golpe, caída ou pressão sobre o eléctrodo central; combustão com detonações; óleo na câmara de combustão.

Efeito: Falhas de ignição. A chispa de ignição salta em locais onde não chega a mistura fresca. Em caso de duração demasiado prolongada, pode romper-se o isolador.

Remédio: Substituir as velas.


Vela oleada
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O pé do isolador, os eléctrodos e o corpo da vela estão cobertos por uma película de óleo negro.

Causa: Excesso de óleo na câmara de combustão; nível de óleo demasiado alto; segmentos gastos; defeito nos cilindros e guias de válvulas.

Efeito: Mau comportamento no arranque; falhas de ignição ou falha total da vela devido a curto circuito.

Remédio: Corrigir o nível de óleo e conforme o caso, realizar uma revisão geral do motor.


Desgaste excessivo dos eléctrodos
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O eléctrodo central e / ou o de massa apresentam perda visível de material.

Causa: Aditivos agressivos no combustível ou no óleo; condições desfavoráveis de fluxo na câmara de combustão resultante de sedimentações.

Efeito: Falhas de ignição, especialmente ao acelerar, já que a tensão da ignição não é suficiente para uma separação de eléctrodos demasiado grande.

Remédio: Substituir as velas.


Eléctrodos fundidos
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Textura de couve-flor nos eléctrodos e sedimentações de material estranho à vela.

Causa: Sobrecarga térmica devido a ignição por incandescência, resíduos de combustão na câmara de combustão, válvulas com defeito, distribuidor de ignição deteriorado, combustível deficiente, velas com índice térmico inapropriado ou par de aperto da vela incorrecto.

Efeito: Falhas de ignição ao princípio, depois danos no motor e no catalisador.

Remédio: Verificar a ignição e a preparação da mistura. Substituir as velas.

Saber ler as velas caiu em desuso e desconhecimento devido à era dos diagnósticos por pc e centralinas sem afinação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
[Auto] Velas de Ignição e Velas de Aquecimento
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Lojas de Cosméticos BBB em Brasília?
» Auto de Linha
» Auto de linha, o pequeno notável
» Auto Bronzeamento
» Biografia de Michael Landon

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Seat Edition :: Diversos :: Tipos de condução info-
Ir para: