Seat Edition

Bem vindo ao Seat Edition o TEU fórum!Este fórum foi criado com intuito de juntar todos os/as amantes de automóveis da marca SEAT!Para acesso total ao fórum basta registar e fazer apresentação!
 
InícioInicioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Auto] Dicionário do Diesel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
BobJoint
Novato
Novato
avatar

Mensagens : 95
Data de inscrição : 28/09/2010
Idade : 35
Localização : Brr, V.A. BxB

MensagemAssunto: [Auto] Dicionário do Diesel   Dom Out 10, 2010 4:10 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Bomba de injecção
Elemento fundamental do sistema de alimentação e que distribui o gasóleo pelos vários cilindros, gerando para isso pressões elevadas. Estas podem ter características diversas.

Catalisador
O catalisador é um elemento com o aspecto de uma panela de escape e que tem como principal função transformar alguns dos elementos dos gases de escape. No caso dos diesel, o elemento mais nocivo é o óxido de nitrogénio, não justificando a maior complexidade dos catalisadores utilizados pelos modelos a gasolina.

Common rail (rampa comum)
Consiste numa técnica de injecção já usada anteriormente pela Fiat: o Croma utilizou o primeiro motor de injecção directa aplicado a um automóvel. Com este sistema consegue-se uma pressão de injecção elevada e acumulada numa rampa comum a todos os cilindros. A principal vantagem consiste em melhorar o rendimento, diminuir o consumo e o ruído.

Diesel
Normalmente associa-se a palavra Diesel ao tipo de combustível utilizado, ou seja, ao gasóleo. No entanto, a origem do nome liga-se ao criador deste motor, o engenheiro alemão Rudolf Diesel, que em 1892 publicou em Berlim um trabalho intitulado “Teoria e construção de um motor térmico racional” de onde viria a nascer o primeiro motor com o seu nome, nos finais do século passado e destinado à indústria.
Rudolf Diesel nasceu em Paris (1858), de pais alemães, mas cedo se transferiu para Londres. Concluiu os seus estudos superiores já na Alemanha onde se fixou. O sucesso dos seus motores deu-lhe a fama mas não o proveito. Em 1913, desapareceu no naufrágio de um barco, ao cruzar o Canal da Mancha.

Injector
É uma peça de grande precisão que tem a função de injectar o gasóleo no interior do cilindros, pulverizando-o de forma a criar uma mistura ar/combustível bastante homogénea para que a sua inflamação seja eficaz. Actualmente, existem injectores de orifícios múltiplos que conseguem que o gasóleo seja introduzido dentro do motor como um “spray”. Esta tecnologia contribui para uma diminuição do consumo e um controlo mais eficiente dos gases de escape.

Injector bomba
Este tipo de injector foi criado em 1994, pela Bosch, e tem a vantagem de associar a cada injector uma pequena bomba. Consegue-se desse modo eliminar a bomba de injecção central. A grande vantagem deste sistema consiste na pressão de injecção que pode chegar aos 2000 bares, independentemente do regime de funcionamento do motor. A VW anunciou já este sistema para o novo motor 1.9 Tdi (115 CV) conseguindo um binário superior a 30 Kgm.

Injecção directa
O princípio consiste em injectar directamente o gasóleo dentro da câmara de combustão. A vantagem reside no melhor rendimento do motor (15 a 20 por cento) em relação a um diesel tradicional. A Fiat (1988) e a Audi (1990) foram as pioneiras nesta matéria em relação aos motores de automóveis.

Injecção indirecta
Ao contrário da injecção directa, o combustível começa por ser injectado para uma pré-câmara onde é inflamado, precisando para isso de uma vela de pré-aquecimento.

Intercooler
O “intercooler” é um permutador de calor que serve para baixar a temperatura do ar de admissão. Existem dois tipos: ar/ar ou ar/água. Ao diminuir a temperatura entre 50 e 80 graus, o “intercooler” aumenta a densidade do ar e, consequentemente, a percentagem de oxigénio (comburente). O resultado é uma melhoria significativa do rendimento, conseguindo-se aumentar a potência ao mesmo tempo que se consegue baixar o consumo. O “intercooler” ajuda, ainda, a reduzir os esforços térmicos aumentando a durabilidade do motor.

Motor atmosférico
Num motor atmosférico a alimentação é feito por ar que entra nos cilindros à pressão atmosférica. Actualmente, uma grande parte dos motores mais pequenos são atmosféricos, embora num futuro muito próximo se preveja que esta situação se altere.

Motor diesel
Motor térmico que funciona com gasóleo. Injectado dentro da câmara de combustão, no momento final da compressão, o gasóleo inflama-se devido ao aumento da temperatura.

Pré-aquecimento
Corresponde à fase inicial de aquecimento da pré-câmara com o objectivo de melhorar o arranque a frio dos diesel.

Ponto de equilíbrio
O ponto de equilíbrio quilométrico entre um automóvel com motor diesel e o seu homólogo a gasolina é um excelente indicador para um potencial comprador. Este ponto de equilíbrio dá a indicação da distância a percorrer com um diesel para compensar os encargos financeiros acrescidos em relação ao gasolina.

Sobrealimentação
Um motor sobrealimentado tem necessariamente um turbocompressor que aumenta a quantidade de ar que entra no cilindro.

Turbo
É um órgão mecânico que utiliza a energia dos gases de escape para forçar a entrada de ar nos cilindros. Ele é composto por uma turbina e um compressor unidos pelo mesmo eixo. Em funcionamento, a turbina é accionada pelos gases de escape dos quais recupera uma parte da energia. O movimento é transmitido ao compressor centrífugo que aspira o ar de admissão e o comprime graças à velocidade de rotação do motor.
Nos motores mais desportivos pode alcançar as 10 000 rpm.

Turbo de baixa pressão
Enquanto num turbocompressor normal a pressão é quase sempre superior a 1 bar, nos de baixa pressão esse valor nunca ultrapassa os 0,5/0,6 bares. Por exemplo, a diferença entre as versões de 82 e 100 CV do motor 2.0 Di16V Ecotec da Opel reside não só na existência de um permutador de calor (intercooler) na versão mais potente, como na diferença da pressão exercida pelo turbo; no caso da versão de 82 CV ela é mais baixa.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
[Auto] Dicionário do Diesel
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Auto de Linha
» Rail Diesel Car (auto motriz BUDD)
» Auto de linha, o pequeno notável
» Auto Bronzeamento
» Biografia de Michael Landon

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Seat Edition :: Diversos :: Tipos de condução info-
Ir para: